24 de mar de 2010

Duas coisas de Hoje.....

     É claro que acordar de manhã e buscar para você, em Deus, algo que precisa é um privilégio. Pois a promessa é "pedi e dar-se-vos-á" Mat 7:7 .  Porem entender a biblia é "um pouco aqui, um pouco ali". Afinal  saber que " buscar primeiro o reino de Deus" Mt 16:26  é algo mais importante, já nos leva a perceber que algo está errado com nosas orações.
           Hoje pela manhã, fiz exatamente o errado. Fiz minha oração egoista de todos os dias e depois, fui estudar a biblia. Apenas para receber de Deus uma lição preciosa sobre minha vida cristã.  A frase marcante dizia: " nossas orações tratam mais do que podemos obter, e não do que nos devemos tornar". Que triste realidade de minha vida. É fato que não podemos viver sem " a comida e nem bebida", mas buscar PRIMEIRO o reino de Deus , requer saber que existe algo mais precioso do que SOBREVIVER.
           " Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo." Rom. 14:17.  O que é mais importante afinal, o satisfazer suas necessidades físicas ou buscar a razão do existir que é viver PELO ESPIRITO?
           Certa de que Deus já tinha dito tudo para mim com aquelas palavras, ainda me deparei com outra verdade sobre meu comportamento cristão de fachada, quando observei o verso que diz: "Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor de seus amigos." Jo 15:13.  E a verdade então doeu em meu peito ao ler então: "O mundo acredita no evangelho do egoismo, em que cada um deve cuidar de si mesmo. Mas Deus diz que você deve se importar com seu irmão, porque este é o evangelho do amor".
           Queria que fosse diferente, mas a verdade é que algo em meu Cristianismo está errado, porque não consigo abrir mão de meu tempo, meu dinheiro, minha comida, minhas tarefas, meus sonhos, em favor do meu próximo. Agora sei que "buscar o reino de Deus" em primeiro lugar é abrir mão de tudo isso em favor da verdadeira religião, do verdadeiro perdão que é Cristo, e receber dele também a paz que excede todo o entendimento.
        

Um comentário:

  1. Seu post me lembra de um comentário meu sobre fato acontecido em Porto Alegre:

    "O fruto do Espírito
    Estamos estudando sobre o fruto do Espírito Santo.
    Leio num dos sites que acompanho que a autora do artigo, uma cristã que também comentava a Lição da Bíblia, tratou mal e irritou-se com algumas pedintes, inclusive com uma mulher que usava muletas. Isso me faz lembrar de um fato semelhante que ocorreu comigo no estacionamento do mercado aqui em Porto Alegre. Uma mulher pedia "três com oitenta", ou seja, três reais e oitenta centavos, depois de anunciar que não era um assalto e contar uma história triste e sem muita ligação com os "três com oitenta" pedidos. Reconheço que praticamente "paguei" a importância, mas sem vontade de ajudá-la. (...)" (De "Viver" - www.celina-vivercelina.blogspot.com/)
    Realmente falta muito para sermos o verdadeiro sal da terra.
    Beijo. Lindos seus pensamentos.

    ResponderExcluir